Páginas

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

E o Carioca começa...

e antes mesmo do Flamengo começar sua caminhada rumo ao 32º título estadual, ganhamos pontos na preleção, onde a união de todo o grupo é o essencial para conquistarmos as vitórias e os títulos! A união é a base do sucesso, e o elenco sabe disso, e mostram que cada um joga por todos e todos jogam por cada um. Isso se chama trabalho em equipe.




imagem: globo.com







Chega a hora de começar a caminhada, e mesmo não tendo um grande entrosamento, o Flamengo mostrou vontade e garra. Volta Redonda até tentou surpreender o que aconteceu raramente no jogo, mas a zaga e o paredão Felipe mostrou para que veio. Fez duas belas defesas, uma quando ainda estava 0x0 no placar. E o estrela do Vander, que brilhou na pré-temporada continuou, aos 41 minutos na categoria, driblou e chutou, a bola desviu na zaga e 1x0 para o Flamengo. Com isso, o jogo ficou em aberto, porque Volta Redonda jogava no contra-ataque teve que sair para buscar o empate.


No segundo tempo, com as substituições do professor Luxemburgo, o Flamengo ganhou velocidade. E no seu primeiro lance de jogo, Wanderley que tinha entrado no lugar de Deivid apático na partida, recebeu cruzamento de Léo Moura e de cabeça ampliou a vantagem rubro-negra. Após o gol, o jogo ficou entre as tentativas frustadas do Volta Redonda e os contra-ataques rápidos do Flamengo.


Fim de jogo, e o Flamengo mesmo estando incompleto, chega a sua primeira vitória no estadual. Sábado será o próximo compromisso rubro-negro contra o América. Repito, a união faz parte do caminho para as vitórias e conquistas de títulos. SRN

Um comentário:

Warley Morbeck disse...

E cada dia está mais fácil. Antes tinham 5 times grandes. Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo e América. América deixou de ser grande. Agora é o Vasco. O campeonato só tem 3 candidatos.

Warley Morbeck
http://flamengoeternamente.blogspot.com/
http://twitter.com/flaeternamente

"Jogar com garra e vontade, Rubro Negro é assim!
Até que a morte nos separe,
Esse
amor eu vou sentir!"